DESESPERO NO HAITI: SEJAMOS SOLIDÁRIOS!

Terramoto no Haiti

Ajuda Humanitária

As organizações da Rede MIQUEIAS estão na linha da frente a prestar todo o apoio possível neste momento de dor e angústia no Haiti. São mais de 3 milhões de deslocados e milhares de vítimas mortais. Kits de primeiros socorros, sabão, cobertores e água foram os primeiros bens distribuídos para responder às necessidades básicas dos sobreviventes do sismo.

 Oração

A Aliança Evangélica Mundial (WEA), um dos patronos do Desafio MIQUEIAS, lançou um apelo à comunidade de 420 milhões de cristãos que estão espalhados por 130 nações para que se envolvam em oração e ajuda financeira com o povo do Haiti. O Dr Tunnicliffe, Director Internacional da WEA, fez uma apelo ao coração dos cristãos “por favor orem para que os cristãos e as igrejas locais se coloquem na linha da frente para darem uma resposta espiritual, emocional e física às necessidades das centenas de milhares de pessoas. Queremos também incentivar-vos a contribuir generosamente e a apoiar os membros da Aliança Evangélica Mundial que estão activamente envolvidos na resposta à crise no Haiti”.
No próximo Domingo (17 de Janeiro) espera-se que milhões de cristãos em todo o mundo se unam em oração a favor do povo do Haiti.

Donativos

Faz o teu donativo  por transferência bancária:

 Associação MIQUEIAS

    Caixa Geral de Depósitos – conta n.º 0697 6358 596 30

    NIB – 0035  0697 0063 5859 630 74

    IBAN – PT50 0035  0697 0063 5859 630 74

    BIC SWIFT – CGDIPTPL

Para outras informações clica aqui

4 comentários to “DESESPERO NO HAITI: SEJAMOS SOLIDÁRIOS!”

  1. Para além da oração prevista para este domingo 17/01 em favor dos haitianos, vamos tb levantar uma oferta especial para ajudar a aliviar tanto sofrimento. Sejamos generosos em demonstrar o amor do Senhor aquele povo!

  2. Apoio da comunidade evangélica ao Haiti

    A Aliança Evangélica Portuguesa apela a todas as igrejas evangélicas e a todos os evangélicos para que contribuam generosamente para o povo do Haiti, num gesto solidário de ajuda na reconstrução do país atingido por esta catástrofe, juntamente com as orações que elevamos a Deus a seu favor e de todos os voluntários que ali desenvolvem apoio humanitário. Enviem as vossas contribuições para os nossos escritórios – AEP Av. Conselheiro Barjonas de Freitas, n.º 16-B 1500-204 LISBOA, ou pelo NIB 003300004528217389605

    Estimados irmãos.
    Graça e Paz no Senhor Jesus Cristo.

    Lucas 18:27: “Mas ele respondeu: As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus.”

    Não podendo nós como cristãos evangélicos portugueses estarmos indiferentes à tragédia ocorrida esta semana no Haiti, a nação mais pobre do hemisfério ocidental, vimos reforçar o apelo já feito pela Aliança Evangélica Mundial no sentido de levantarmos a Deus as nossas orações pelos que sobreviveram ao violento terramoto ocorrido na passada terça-feira, dia 12 de Janeiro. Por outro lado, somos também chamados como Igreja de Cristo, a contribuir generosamente para sustentar os esforços de apoio médico e humanitário já em curso para reduzir o grande impacto desta tragédia sobre milhares e milhares de desalojados e de feridos graves que clamam por auxílio.

    O Pastor Gerald A. Seale, Secretário-Geral da Associação Evangélica do Caribe afirmou que “a comunidade evangélica mundial está a ser chamada a dar sacrificialmente e a orar por todos os lesados e que sofrem a perda dos seus queridos. Orem pelo povo do Haiti que está ainda em estado de choque tendo perdido vários membros de família e quase todos os seus bens. Orem pelos que estão a dar uma resposta a esta tragédia em meio a circunstâncias particularmente difíceis. Orem pelo governo do Haiti enquanto eles procuram encontrar soluções no contexto de uma situação sem precedentes. Orem pelos Pastores e líderes enquanto eles ministram em condições extremas.”

    A AEP vem assim propôr às Igrejas Evangélicas Portuguesas a seguinte resposta, no imediato, ao desafio lançado pela comunidade evangélica mundial:

    Que as comunidades se reúnam para orar intercedendo ao Senhor pelos que sofrem e pelos que estão no terreno a tentar dar uma resposta eficaz em termos de apoio humanitário e espiritual. Assim, sugerimos que cada Igreja dediqu um tempo especial à oração pelo povo do Haiti e pelos esforços em curso para apoiar os feridos e os traumatizados desta catástrofe; Que oremos pelas organizações cristãs no terreno e pela Igreja de Cristo no Haiti que é chamada a ministrar em condições de extrema carência;
    Que as Igrejas e Organizações Evangélicas Portuguesas se disponibilizem a contribuir financeiramente na operação de socorro às vítimas do Haiti colaborando nos esforços feitos pelo Dr. Abel Vallejos, médico-missionário português, de origem argentina, que hoje mesmo viajou para o Haiti, e que representará a comunidade Evangélica Portuguesa naquele país integrando as equipas de apoio da Samaritan’s Purse (Billy Graham Association) já em operação no terreno. O Dr. Abel Vallejos tem uma vasta experiência em situações de catástrofe tendo exercido a sua profissão ao serviço das Nações Unidas em cenários de extrema gravidade na Guiné Equatorial, Guiné-Bissau e Indonésia. Este irmão é membro de uma Igreja filiada na AEP e serve na Comissão de Missões da AEP e na Direcção da Mevic- Missão Evangélica Intercultural. O Dr. Carlos Trindade, um outro médico cristão português e a Drª Viviana Pinto, missionária argentina no Haiti, acompanharão o nosso representante. O número da conta de solidariedade para com o Haiti para transferências bancárias será disponibilizado a partir de segunda-feira no Portal Evangélico http://www.portalevangelico.pt.

    A AEP compromete-se a emitir recibos de todos os donativos e a investir na totalidade, os fundos apurados em apoio às vítimas da tragédia, e em particular, à comunidade evangélica no Haiti.

    Para mais contactos e informações, por favor contactem a Aliança Evangélica Portuguesa pelo Tel.21.7710530 ou por email: aep@vodafone.pt ou no Portal Evangélico http://www.portalevangelico.pt

    Pela Direcção da AEP,

    Pr. Paulo Pascoal
    Secretário

  3. Algo me impressionou ontem ao ver num telejornal brasileiro, as primeiras imagens gravadas, por um amador logo a seguir ao terramoto no Haiti. Desmorou tudo a volta e a igreja onde estava Zilda Arns desmorou inteira. O que impressionou foram os destroços ao redor e no meio do pó a única coisa que ficou erguida e intocável foi a Cruz.
    Aquela Cruz no meio de tanta devastação fez-me lembrar da nossa única esperança. A tragédia está a mobilizar as nações do mundo para ajudar o que é mais que necessário, mas ao ver a Cruz erguida no meio das ruína pensei na única esperança real para o Haiti e para todas aquelas nações que se mobilizam agora. Jesus redentor dando a sua vida para que possamos ter vida. O centro do universo, o Deus entronizado, Senhor de todas as coisas, estava em Cristo reconciliando consigo o mundo. Que a esperança de Cristo possa trazer alento e direcção a muitos ali e além, no meio desta tragédia. Que Deus abençoe o povo do Haiti. Que rendamos a nossa incapacidade e vulnerabilidade que só encontra descanso NELE.

  4. “¡ES PEOR QUE EL TSUNAMI!
    Hoje às 0:54
    Miércoles 20 de Enero’10
    Puerto Principe- HAITI

    Estamos casi incomunicados. El equipo está bien.
    Tenemos 7 médicos trabajando y 8 paramédicos. Estamos atendiendo mas de 200 heridos por día.
    La mayoria con amputaciones a causa del tiempo que ha avanzado sin ser atendidos,y la gangrena
    que se ha formado. Todos los hospitales son un caos. Hay cadaveres en las calles, gente deambulando
    y aun pacientes en el asfalto.
    Estamos situados frente al palacio de gobierno: es la zona cero del epicentro. Desde aqui vemos, como
    el 80% de los edificios estan tumbados, mientras que los demás, estan a punto de caer.

    El terremoto de hoy día (Miércoles) trajo nuevos heridos y muertos.La gente de los hospitales
    estan en el suelo, ya que a algunos se le vino encima el material medico, o aun el peso de las tiendas de campaña donde son atendidos. ES UN CAOS TOTAL!! Hacen falta doctores,enfermeros,medicamentos…
    Por favor: no dejen de orar y ofrendar.

    La gente duerme en el asfalto, en las calles. Hay cientos de miles de personas tirados en campos abiertos. Aun se ven muertos entre los escombros y las calles, El olor es nauseabundo.
    Nosotros también dormimos en el campo, bajo un árbol. Es triste… niños heridos,con amputacones,
    cuerpos tirados, infectados! Realmente es peor que lo que vivimos en el Tsunami!!!!

    Nuestro único alimento diario consiste en agua y 3 barritas de cereales.
    Aún los médicos más experimentados como el Dr Abel Vallejos, se quiebran y lloran por el dolor que hay aqui. Es tan terrorifico el caos y la situación, que no hay palabras.

    El enfermero Ramón Bravo, está haciendo un trabajo extraordinario,ya que es el único paramédico del equipo que hace cirujía.

    Esto es increíble. La emergencia aún durará 2 meses más, ya que son millones de personas las que están
    en las calles. La ciudad tiene 3 milloes de habitantes, ya hay mas de 250.000 muertos y unos 150.000 desaparecidos. Toda la gente va deambulando de un lado a otro, la ayuda internacional llega…pero no alcanza!!

    “El Doctor Abel Vallejos nos cuenta que la totalidad de los enfermos,tanto niños,bebes,
    mujeres, hombres y ancianos que atendemos, tienen traumatismos en el cuerpo por los
    pedazos de mampostería que les cayeron encima. Las heridas son enormes y no han sido
    tratadas a tiempo. La catastrofe se hace cada día mayor por la pobreza que vive el pais.
    Atendemos los mismos casos que ya vimos en Indonesia, a diferencia que es mayor la miseria
    que nos rodea y por tanto,mayor la catastrofe. Las moscas abundan y dejan sus huevos en
    las heridas. Esto provoca que al no ser limpiadas a tiempo se conviertan en gusanos, que
    nos dificultan aun mas el trabajo. Hoy hemos tenido que sacar gusanos aun de los ojos de
    algunos niños,ademas de entre las piernas,brazos o cualquier herida a atender”

    De los 200.000 heridos por el terremoto, decenas de miles moriran a causa de las infecciones no atendidas a tiempo. Nadie da a basto con tanto trabajo.

    Es Trágico….trágico…..trágico!

    Nos juntamos los 3 lideres de estas organizaciones:
    * Amemos (España)
    * Jucum (Rep.Dominicana)
    * Ministerio Amor y Gracia
    y decidimos formar una alianza estrategica, para trabajar juntos bajo el nombre de “MISION RESCATE”.

    La gente está receptible al evangelio. Predicamos a cada persona que atendemos.
    Por favor: sigan orando, ofrendando y buscando equipos médicos que puedan venir a apoyar.

    Un saludo: Enrique Montenegro”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: