Archive for Dezembro, 2009

Dezembro 31, 2009

Feliz 2010…

GRATIDÃO

Nestes últimos dias do ano,
resolvi erguer-me
fui ao encontro do meu coração
que aos meus olhos parecia cansado,
atarantado sem saber gerir as emoções ali contidas,
cicatrizado, e pulsando forte
revelava-se muito mais que um órgão vital,
era a mistura natural entre o sangue que me dá vida
e os afectos que são gerados nas entranhas da alma
e que afloram cá pra fora e explodem nas veias
no rubor da face, nas lágrimas que rolam abundantes,
no sorriso vincado…
num dado momento, encontrei-me escondida
sentada num canto qualquer.
a esperança era a parceira de sempre
mas o verde estava um pouco desbotado.
havia máscaras caídas aqui e ali,
e uma caixa de memórias que pulsavam
no mesmo ritmo do coração…
e nos olhos do eu que se mostrava,
por trás do castanho natural
havia pequenas nuanças do brilho que a eles pertencia.
e tal qual janela da alma contemplavam,
o ano novo prometido
renovo do tempo, das estações, da vida

Futuro…

Vasculhei a caixinha de memórias
eram tantas!
algumas cheiravam à maresia, outras
temperadas de alegria e tristeza,
adeus, saudades e boa companhia
brilhavam tal qual tesouro…
meu tesouro.
escrevi “Gratidão” numa folha de papel.
rendi-me diante do Senhor entronizado
que do trono do meu coração acelerado
acolheu as emoções ali contidas
e fez-me descansar
a espera do novo ano prestes a chegar

Arlete Castro
31.12.2009

Anúncios
Dezembro 29, 2009

A importância da Bíblia para a nossa vida

Lembra-te das promessas que me fizeste porque elas são a minha única esperança. Isso tem sido a minha consolação no meio das angústias; porque só a tua Palavra pode renovar-me a vida.

 Salmo 119: 49,50

 

 

Dezembro 23, 2009

Natal; feliz natal…

Uma oração em Tempos de Natal

Senhor…
É Natal você sabia?
Vê? A volta está tudo enfeitado
de verde, vermelho, prata e dourado.
Há árvores pequenas e grandes.
Gente agitada, atarefada…
Afinal é Natal.

Senhor!
Vê? Cada um escolhe um presente
Abraçam-se, enlaçam-se
Fartam-se
Mas de que?

Senhor…
Silêncio!
Há um sino a dobrar
É Meia Noite
É tempo de reverência
Alguém canta uma canção
A mesma, sempre igual.
Afinal outra vez é Natal!

Senhor!
Ouça? Falam de noite feliz
Do Deus menino
Da Estrela de Belém

Mas à quem?

A crianças e velhos
A essa gente sorridente
Mas de coração carente.
Sedentos de você!

Senhor!
Olha! Há um presépio iluminado
Luzes brilham por todo lado
Há uma manjedoura e um bebé
Animais espalhados
E até a singeleza dos pais
Só não se vê iluminado
O olhar ofuscado
De quem não conhece você

Senhor!
Vê? A cidade dorme
Entre embrulhos rasgados
Vidros quebrados
E lágrimas que esperam
O sorriso se cansar
E a festa acabar.

Senhor,
Olha… São rostos cansados,
Sonhos despedaçados
A espera do amanhecer!
Mas o que não sabem
É que na verdade
Seus corações anseiam por você.

Senhor, vem… é Natal!
E quase ninguém sabe o porquê…

Arlete Castro

(publicado inicialmente em 23/12/2008)

Dezembro 15, 2009

Fotos do jantar de Natal

Veja aqui as fotos do nosso jantar de Natal.

Dezembro 15, 2009

Nos bastidores do Natal

O OUTRO LADO DO NATAL

* O texto bíblico do Apocalipse (12:1-5, 7-8, 17), a seguir transcrito, mostra-nos um outro lado, porém invisível, da história do Natal. Apesar de ser um texto com algumas partes sujeitas a interpretações controversas, ele inquestionavelmente aborda uma terrível batalha celestial por causa do nascimento de Jesus:

 “E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça. E estando grávida, gritava com as dores do parto, sofrendo tormentos para dar à luz. Viu-se também outro sinal no céu: eis um grande dragão vermelho que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas; a sua cauda levava após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que estava para dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe devorasse o filho. E deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono. Então houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou no céu. E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus.”

* O nascimento de Cristo foi um acto de guerra, uma invasão. O amor contra o ódio. A vida contra a morte. O céu contra o inferno. Imediatamente após o nascimento do Salvador, o inimigo tentou matar o bebé, conforme descrito em Mateus 2:13. De facto, ao analisarmos a Bíblia, verificamos que toda a vida de Jesus foi marcada por batalha e confrontação. E quando Ele voltar, no final dos tempos, estará montado num cavalo branco, vestido de um manto salpicado de sangue, armado para a batalha, sendo certa a vitória final (Apocalipse 19:11-15).

* Este lado bélico e invisível do nascimento (e da vida) de Jesus é pouco explorado nos discursos do Natal, mas leva-nos naturalmente à dedução de que não vemos e por vezes não compreendemos tudo o que acontece ao nosso redor. A vida é mais complexa do que a nossa realidade visível. Podemos eventualmente negar, ignorar ou desprezar, mas a verdade é que sempre houve uma guerra na esfera espiritual para conquistar o nosso coração!

* Portanto, para além das habituais comemorações nesta época de Natal, sugerimos que o leitor possa reflectir um pouco mais sobre as realidades espirituais que nos cercam e influenciam, e verificar como o seu coração tem reagido. Nesta disputa invisível, temos de proteger a nossa vida. E o melhor escudo é a rendição completa e exclusiva Àquele que nos amou e nos resgatou por um preço muito elevado – o seu próprio sangue vertido na cruz. Somente esta decisão de entrega pessoal a Jesus possibilita a cada um ter um Natal verdadeiramente Feliz. Que assim seja! AR

Dezembro 13, 2009

Jesus é o bom Pastor!

Neste domingo reflectimos juntos sobre a única Pessoa que de facto pode pastorear as nossas almas, dando-nos direcção, alimento e protecção, conforme lemos em João 10:1 a 18.

Dezembro 12, 2009

Qual é o nosso tamanho?

“Porque eu sou do tamanho do que vejo. E não do tamanho da minha altura.”  Fernando Pessoa

 É sempre oportuno relembrarmos a nossa visão. Lê aqui.

Dezembro 12, 2009

Simples mania ou ritual compulsivo?

Cuida bem de ti. Faz o teste sobre este assunto aqui.

Dezembro 11, 2009

Notícias do Projecto Vida Nova

Praticamente no final do primeiro período escolar, o Projecto Vida Nova encontra-se a todo o gás.

Neste ano temos 17 crianças, mais duas que o ano passado, sendo que a grande maioria está a frequentar o ensino primário. Neste ano contamos também com duas novas explicadoras, a Inês e a Cátia.
Algumas das crianças têm feito enormes progressos a nível escolar o que nos dá uma enorme satisfação. Outra excelente notícia prende-se com o envolvimento de algumas delas com o culto infantil.

O vídeo que está em baixo é uma entrevista feita pelo Ivo sobre o Projecto Vida Nova. Nesta entrevista é possível ver um pouco do que é o apoio escolar.

%d bloggers like this: