A igreja à imagem de Jesus

Actos 8:1-8 e Actos 11:19-26 revelam-nos 4 princípios que fizeram da Igreja Primitiva, uma igreja à imagem de Jesus. Uma igreja que não só continuou o ministério de Jesus, mas continuou-o à maneira de Jesus.

Uma igreja à imagem de Jesus

1. A igreja à imagem de Jesus é a igreja onde Ele é Senhor.
A expansão do Reino de Deus relatada nesta passagem dá-se após uma severa perseguição aos cristãos. (At 8:1-3)
1ª conclusão: Crentes consumidores (crentes que apenas fazem o que querem ou que acham divertido) não impactam, mas crentes que se dispõem a morrer todos os dias para si mesmos e para aquilo que os rodeia, esses impactam.

2. A igreja à imagem de Jesus é uma igreja que faz discípulos.
Barnabé investe em Paulo ao ir buscar o apóstolo a Tarso e ao levá-lo para Antioquia para juntos ensinarem e evangelizarem. (At 11:25-26)
2ª conclusão: Crentes consumidores (crentes que apenas absorvem informação através de programas e eventos) não impactam, mas crentes que se alimentam sozinhos e investem nos outros, esses impactam.

3. A igreja à imagem de Jesus é a igreja em que todos são enviados e que não somente envia alguns.
A expansão do Reino de Deus relatada nestes textos deu-se com os apóstolos em Jerusalém. (At 8:1)
3ª conclusão: Crentes consumidores (crentes que transformam a vida cristã num evento semanal ou que adquiriram uma atitude de espectadores perante a missão que lhes foi confiada) não impactam, mas crentes que vivem em missão, esses impactam.

4. A igreja à imagem de Jesus que está e cresce no mundo e não a que se isola dele.
Os crentes primitivos pregavam em locais públicos e reuniam-se em casa dos convertidos. (At 8:4-8)
4ª conclusão: Crentes consumidores (crentes que só agem dentro do templo) não impactam, mas crentes que se preocupam e agem no mundo, esses impactam.

5. E o Senhor estava com eles. (At 11:21)
Esta promessa aparece aplicada na Grande Comissão a todos aqueles que: (1) Fazem discípulos, (2) que vivem como “enviados”, (3) que agem e pregam no mundo (4) reconhecendo que Jesus tem toda a autoridade no céu e na terra.

Mateus 28.18.20

Ideia Vida Nova: O crente consumidor na produz impacto, mas o crente à imagem de Jesus produz impacto.

Veja aqui os vídeos (I) e (II) utilizados na introdução da pregação.

One Comment to “A igreja à imagem de Jesus”

  1. Devemos ter uma intimidade com Deus.Absorver tudo o que o reino pode nos ensinar,somos abitantes do paraiso e devemos viver como tal.Estamo no meio de uma guerra espiritual entre nosso pai Jesus,e o perverso Satanais.Se nao nos revestimos com a armadura da palavra,e combatermos as trevas seremos destruidos por ela.Satanas trabalha dia e noite ele nao para,bombardeia o ser humano com os meios de comunicaçao,guerras,prostituiçao,drogas,carnavais,festas,templos catolicos,evangelicos e espiritas.Ele dissemina a ideia de que ele nao existe de que Jesus nao e Deus.Ele abita dentro de lideres religiosos do governo das lideranças sindicais.Sua meta principal e confundir a humanidade,corronpe-la ,alimenta-la com o dinheiro sujo,e depois destrui-la.E sabe ele que Deus observa com olhos atentos a toda suas artimanhas diabolicas,e sua derrota esta proxima.Mas a humanidade dome e tenta como sempre fechar os olhos e como sempre desobedesse ao seu criador.A realidade e que somos filhos do altissimo e podemos tudo,podemos combater as trevas,nao com a espada de Barrabas,e sim com o poder do ESPIRITO SANTO.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: